Quem recebe auxílio-doença tem até hoje para agendar nova perícia

Termina nesta segunda-feira (21) o prazo para que beneficiários do auxílio-doença convocados pelo Diário Oficial da União procurem o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) para agendar nova perícia médica.

Os beneficiários convocados no dia 1º de agosto são aqueles com quem o INSS não conseguiu entrar em contato por meio de cartas que, devido a informações insuficientes ou erradas, foram devolvidas pelos Correios.

Inicialmente, o prazo de cinco dias a partir da publicação da convocação terminaria no dia 5 de agosto. No entanto, horas antes do fim do prazo, o Ministério do Desenvolvimento Social anunciou, em nota enviada à imprensa, que a data limite estava sendo prorrogada para 21 de agosto.

A prorrogação foi divulgada um dia após a 20ª Vara Federal de Porto Alegre (RS) conceder liminar favorável à Defensoria Pública da União (DPU), que pedia que o INSS restabelecesse o pagamento de benefícios por incapacidade cancelados antes que os segurados tivessem passado por nova perícia.

Fonte: Agência Brasil

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

STF suspende mais uma vez julgamento sobre banimento do amianto

Mais uma vez o Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu o julgamento sobre o banimento do amianto crisotila em todo o Brasil. Na semana passada, o Tribunal já tinha começado a discussão sobre o assunto, deixando a votação para essa quinta-feira (17). Mas a segunda rodada da discussão acabou tendo apenas o voto da ministra Rosa Weber, que defendeu a vida do trabalhador e por isso votou a favor do banimento do amianto. A posição dos outros ministros sobre o assunto só deve ser conhecida na quarta-feira (23).

O assunto é importante de ser acompanhado pelos trabalhadores, pois afeta diretamente na vida dos milhares de brasileiros expostos ao amianto. A substância causa cerca de 100 mil mortes por ano em todo o Brasil. O julgamento dos ministros vai decidir se ele será ou não proibido em todo o território nacional, podendo salvar milhares de vidas todos os anos.

Confira a matéria da Agência Brasil sobre o adiamento:

Com apenas um voto favorável, STF suspende julgamento que proíbe uso do amianto

O Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu hoje (17) o julgamento sobre a validade de leis estaduais de Pernambuco, São Paulo e Rio Grande do Sul que proíbem uso do amianto, material usado na fabricação de telhas e caixas d’água. Somente o voto da ministra Rosa Weber, a favor do banimento do material, foi proferido. A sessão será retomada na próxima quarta-feira (23) com votos dos demais ministros. Continue lendo

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Sinsepar promove: Encontro de Secretariado Executivo

O Sindicato das Secretárias e Secretários do Paraná, filiado da Força Sindical, promove no próximo dia 28 de agosto o Encontro Uninter de Secretariado Executivo com o tema “Gestão e Carreira de Sucesso: possibilidades e Desafios aos Profissionais de Secretariado executivo nas Organizações Contemporâneas”.

O evento contará com o lançamento do Livro “Eventos: uma estratégia baseada em Experiências” dos autores Sérgio Czajkowski Junior e Adriana Czajkowski e também com a palestra “Sucesso na Carreira de Secretariado” com a Secretária Executiva e advogada Mariana Guimarães Sá.

Para mais informações entre em contato através do eusec.pr@gmail.com.


Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Metalúrgicos unidos farão Dia Nacional de Lutas e Plenária do Setor Industrial contra o fim dos direitos

Entidades sindicais metalúrgicas de todo o Brasil, que representam cerca de 2 milhões de trabalhadores do setor, decidiram unificar a luta da categoria contra as reformas do governo Temer e de seus aliados no Congresso Nacional e no mercado financeiro.

Objetivos desta Mobilização Metalúrgica:

  1. impedir a aplicação da reforma trabalhista nas fábricas.
  2. evitar a aprovação da reforma da Previdência.
  3. apoiar de forma unificada as campanhas salariais deste semestre, garantindo nas Convenções Coletivas os direitos retirados pela reforma trabalhista, fortalecendo o papel do Sindicato como o principal instrumento de lutas dos trabalhadores e barrando os retrocessos.
  4. intensificar as campanhas de sindicalização, incentivando a participação de mais companheiros e companheiras nas lutas do Sindicato.

“Lutaremos também pelo acordo coletivo nacional, que garanta piso salarial e direitos mínimos a todos os metalúrgicos brasileiros, vamos nos unir a outros setores progressistas do País pela retomada do desenvolvimento econômico e fazer com que a nossa proposta de Renovação da Frota de Veículos seja colocada em prática para gerar empregos e enfrentar a recessão”, diz Miguel Torres, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo/Mogi das Cruzes e da Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos (CNTM) e vice-presidente da Força Sindical.

Calendário de ações da Mobilização Metalúrgica:

  • 21 de agosto, segunda-feira – lançamento oficial do movimento de Mobilização Metalúrgica
  • 22 de agosto, terça-feira – reunião ampliada com representantes metalúrgicos e de outras categorias da indústria nacional
  • 28 a 31 de agosto – semana do “esquenta – assembleias de mobilização” nas portas de fábrica com distribuição do informativo “Brasil Metalúrgico”
  • 14 de setembro, quinta-feira – Dia Nacional de Lutas, Manifestações, Protestos e Greves
  • 29 de setembro, sexta-feira – Plenária Nacional de Metalúrgicos e de outras categorias do setor industrial

A Mobilização envolve representantes da:

CNTM/Força Sindical
CNM/CUT
FEM/CUT
Federação Democrática dos Metalúrgicos de Minas Gerais
FEMETALMINAS, Metalúrgicos da UGT
FITMETAL/CTB
Intersindical
CSP-Conlutas

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Taxa de desemprego cai no segundo trimestre, diz IBGE

A taxa de desemprego caiu 0,7% quando comparada ao primeiro trimestre do ano, chegando a 13%. Em números absolutos, isso significa que o Brasil ainda tem cerca de 13,4 milhões de pessoas desempregadas. Os dados são do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e fazem parte da Pnad Contínua (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua).

A queda é um número importante para o mercado de trabalho no país, já que primeiro trimestre de 2017 foi quando o desemprego atingiu um recorde histórico, 13,7%. Mas ainda assim o índice é alto, já que está longe de atingir o ideal. Por exemplo, essa taxa ainda é bem maior quando comparada com a do mesmo período no ano passado, que é de 11,3%.

Sul do Brasil

No sul do país a queda da taxa de desemprego também foi de 0,7%, mas passou de 9,3% para 8,4%, atingindo o índice mais baixo do Brasil.

Ocupação

A população ocupada no segundo trimestre de 2017 foi estimada em 90,2 milhões de pessoas. Entre os trabalhadores do setor privado, 75,8% tinham carteira assinada.

No período, o rendimento médio real dos  brasileiros se manteve estável em R$ 2.104.

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário