Trabalhadores ligados à Força Sindical do Paraná participam da manifestação nacional em Brasília nesta quarta (24)

Objetivo é protestar contra os projetos da Reforma da Previdência e trabalhista. Centrais Sindicais iniciarão acampamento em frente ao Congresso Nacional numa grande vigília contra o governo. Saída para Brasília será amanhã, às 5h

Invasão à Brasília! Nesta quarta-feira (24), as Centrais Sindicais, movimentos sociais e demais entidades da sociedade civil organizada de todo o país, realizarão em Brasília uma grande manifestação contra as reformas da Previdência e trabalhista do governo. A expectativa é que mais de 100 mil pessoas participem da manifestação. Além da mobilização, as Centrais iniciarão um acampamento em frente ao Congresso Nacional numa vigília para manter a pressão em cima dos parlamentares e do governo, com o objetivo de impedir as reformas. A manifestação já estava marcada antes do escândalo das delações da JBS.

“O  governo ruiu com as revelações da JBS e já não tem mais moral nenhuma para conduzir qualquer reforma que seja. Porém, decidimos manter as manifestações para marcar a nossa posição contra as reformas ou qualquer outra proposta que seja de flexibilização de direitos”, diz o presidente da Força Paraná, Sérgio Butka.

Paraná

A Força Sindical do Paraná  seus Sindicatos filiados estarão participando em peso da manifestação e do acampamento. Seis ônibus estarão se dirigindo à capital federal.

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

ELEIÇÕES DIRETAS JÁ PARA TIRAR O PAÍS DA CRISE ECONÔMICA

Por Sérgio Butka*
É fato que Michel Temer já não tem mais condições de presidir o Brasil e nem tocar reforma nenhuma, principalmente as que cortam direitos e sacrificam a nação para manter os privilégios da elite política e econômica do país, os grandes responsáveis pela crise que passamos, como tem revelado a Lava Jato. Se lhe resta um mínimo de dignidade deve renunciar JÁ para o bem do país. O nosso problema é que a linha sucessória não ajuda em nada para resolver a situação. É um cabedal de gente que está ou envolvido com a Lava Jato ou envolvido em politicagens, mais preocupados em interesses particulares do que com o país. Ou seja, estamos na complicada situação de sair da frigideira para cair no fogo e continuar sem uma solução definitiva para a política. O efeito disso é a estagnação de todo o país e o aprofundamento da recessão econômica. Continue lendo

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Vitória: Após 6 anos de luta, banheiros nos estações tubos

Mais uma vitória para os motoristas e cobradores de Curitiba e Região Metropolitana! Após seis anos de luta, finalmente teremos condições de trabalho mais dignas.

As reformas nas estações tubos, luta que o Sindimoc, filiado da Força Paraná,  vem trilhando desde 2010, devem acontecer em até três meses. Maior isolamento térmico e condições mais adequadas de higiene (com a disposição de banheiro), só foram possíveis com a união da categoria.

As empresas que gerenciam o transporte coletivo em Curitiba e Região Metropolitana, a Urbanização de Curitiba S/A (Urbs) e a Coordenação Metropolitana de Curitiba (Comec), terão os próximos 120 dias para adaptar e melhorar as condições nas 360 estações tubo.

A ação do Ministério Público do Trabalho (MPT) foi proposta em agosto de 2014, após muita luta e denúncias do Sindimoc quando às situações degradantes de trabalho.

Após as inspeções feitas pelos peritos do MPT e relatório da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego no Estado do Paraná (SRTE-PR), constatou-se uma situação de trabalho degradante e insalubre.

Além de desconfortável, o trabalho nos tubos oferece risco à saúde e não têm condições sanitárias adequadas.

O Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região (TRT9) manteve sentença dada em 2015, alterando apenas o prazo para execução das obras (que antes era de 30 dias) e o valor da multa por danos morais, que passou de R$ 500 mil para R$ 300 mil.

O Sindimoc chegou ainda a construir um banheiro na estação tubo Arroio Cercado, localizada na Rua Ricardo Gasparian Machado, no Sitio Cercado. A obra ainda acarretou em multa de mais de dois mil reais ao sindicato. Mas com a determinação judicial, o fato agoA reforma agora promete oferecer melhor conforto térmico e banheiros.

A obra foi feita em três dias, o que para o sindicato é uma demonstração de que o poder público poderia agir rapidamente para atender a determinação judicial.

Sindimoc fala na mídia sobre a conquista dos banheiros nas estações tubo:

Record News – https://www.youtube.com/watch?v=zIV1hxncTYY

RPC (Globo Paraná) – http://g1.globo.com/pr/parana/paranatv-2edicao/videos/t/curitiba/v/justica-determina-que-urbs-e-comec-melhorem-as-condicoes-de-trabalho-dos-cobradores/5873853/

BandTV – http://www.band.uol.com.br/tv/curitiba/bandcidade/video/prxjxk7cQrg/-16-05-2017-assista-ao-band-cidade-2-edicao-desta-terca-feira-a-tv-band.html

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Força-PR intensifica protesto contra racismo em Araucária

A Força-PR participou neste (13) sábado de um protesto contra um recente caso racismo em Araucária, região metropolitana de Curitiba. Juntamente com a secretaria de Cultura do município, movimentos sociais a central reforçou o apoio a doceira Janete Martins,  que recebeu uma carta com ofensas racistas no inicio do ano.

O protesto foi marcado por uma caminhada iniciada de manhã na praça central da cidade até o parque Cachoeira, onde estava sendo realizada a Festa do Pêssego. Lá o ato foi finalizado com a plantação de um pinheiro, para promover o entendimento entre as pessoas.

“Essa mobilização mostra a sociedade que o racismo infelizmente ainda existe. E a  nossa união contra casos de racismo vai continuar para lutar por uma sociedade mais justa e igualitária”, ressaltou o secretário de Direitos Humanos e Raciais da Força-PR, Pedro Paulo da Silva.

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

NOTA DE REPÚDIO AO PREFEITO DE CURITIBA E A TENTATIVA DE CALAR O LIVRE DIREITO DE MANIFESTAÇÃO

NOTA DE REPÚDIO AO PREFEITO DE CURITIBA E A TENTATIVA DE CALAR O LIVRE DIREITO DE MANIFESTAÇÃO


A Força Sindical do Paraná vem a público para repudiar veementemente a absurda postura do prefeito de Curitiba, Rafael Greca, em querer tratar a cidade como se fosse um feudo seu. A decisão da prefeitura de querer impor um interdito proibitório para a cidade inteira visando proibir a população do direito legítimo e constitucional de se manifestar é absurda, arbitrária e escancara  o modo como o prefeito enxerga a cidade e seus habitantes: como se fossem uma propriedade particular sua. Confunde o público com o privado, numa clara demonstração do mais rasteiro coronelismo. É bom que ele se atente ao fato de que foi eleito para representar toda a população e os trabalhadores curitibanos não para defender interesses de grupos específicos.

Lamentamos e repudiamos também a decisão estapafúrdia do interdito. Infelizmente, esse é mais um péssimo exemplo da instrumentalização das decisões judiciais que vem sendo usadas não para garantir as liberdades constitucionais, mas para cercear os direitos da população. Decisões como essa tem se tornado tendência, principalmente na relação entre o capital e o trabalho. São decisões que impõem multas milionárias visando engessar a ação sindical e impedir a luta por melhores condições de trabalho e salário para os trabalhadores.

Enquanto tivermos condutas como as descritas acima, a democracia estará ameaçada.


FORÇA SINDICAL DO PARANÁ

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário